hamburg - joinville

Das Hotel de L'Europe 1849 in Hamburg

 

 

 

 

A fim de que mais adiante ele não possa discutir este artigo, as terras concedidas aos colonos não poderão exceder às medidas calculadas em 8 hectares por cabeça(pessoa) sem distinção de idade ou de sexo.

 

5º  Da sua quota LL.AA.RR. não poderá, e também  M.Aube promete em seu nome e obriga, fazer durante 10 anos a partir deste dia qualquer trato do mesmo gênero com outras pessoas que não seja M.Schroeder.

Mas, LL.AA.RR se reservam o direito de fazer as concessões nas condições que lhes pareçam vantajosas a seus interesses. LL.AA.RR. declaram ainda que eles não pretendem fazer qualquer concorrência desleal (deplorável) aos interesses da colônia fundada por M.Schroder e prometem evitar tudo que possa caracterizar uma concorrência real e séria; portanto eles se comprometem a não fazer concessões de suas terras aos colonos trazidos por M.Schroeder, sem seu consentimento prévio.

 

6º  LL.AA.RR. nomeiam no Brasil uma pessoa com plenos poderes, que cuidará para que todas as cláusulas deste contrato sejam cumpridas; todos os esclarecimentos que permitirão ao mesmo de exercer um controle sério e eficiente deverão lhes ser fornecido pela direção da colônia em S.Francisco e pelo procurador de LL.AA.RR.que terá o

 

               


 

Direito de apresentar suas observações .

 

7º  M.Schroeder  tem o prazo de 6 semanas ou quarenta dias a contar de hoje o direito de renunciar ao presente contrato que será rescindido pura e simplesmente pelo único fato de sua declaração (de sua vontade) sem qualquer indenização de uma parte ou de outra (de ambas as partes). Mas,também, este trato será aceito definitivamente, imediatamente após a  não declaração de renúncia no prazo de 45 dias, ou próximos a  este e  M.Schroeder não houver começado a executar os serviços nos prazos fixados anteriormente  enviando os 100 primeiros colonos, ele se obriga a pagar a LL.AA.RR. uma indenização de 20.000 Francos, referente aos juros pelos prejuizos causados, e as terras serão devolvidas a LL.AA.RR em sua totalidade.

Após a remessa dos 100 primeiros colonos não cabe  mais indenizações e juros mas, sómente a retomada das terras por LL.AA.RR. na proporção indicada anteriormente no artigo que se refere às cláusulas gerais. Se entretanto este artigo(cláusula) tiver sido aplicado à concessão das 12 léguas, LL.AA.RR devem conceder a M.Schroeder as terras já pagas ao preço de m10 Francos, ou lhes reembolsar ao mesmo preço as terras que ele possuíam e que excederam os 8 hectares por colono introduzido.

 

8º  Os títulos de propriedade das terras distribuídas aos colonos deverão, por serem valiosas estarem contra-assinadas pelo procurador de LL.AA.RR e restituídas em seguida ao agente de M.Schroeder que as entregará aos colonos.

 

 

                                                      


 

 

 As demarcações serão feitas, e os títulos de propriedade serão assinalados em medidas brasileiras.

Com estes títulos de propriedade o agente de M.Schroeder deverá fazer constar um registro que deverá igualmente estar contra-assinado por aquele que verificara o número de hectares ocupados.

Antes de emitir os títulos de propriedade o agente de M.Schroeder deverá assinar para todo comprador uma declaração das obrigações impostas pelos diversos artigos do contrato, concernente à eles, os futuros compradores deverão sempre ser submetidos às mesmas obrigações que sãso inerentes à propriedade.

LL.AA.RR. declaram que mesmo aqueles que não admitiram qualquer colono ou locatário sobre as terras que lhes foram  reservadas ou que lhes restaram no limite da presente concessão, sem exigir uma declaração semelhante.

 

9º  Fica conveniado(combinado) que todas as contestações que poderão surgir entre LL.AA.RR. e M.Schroeder sobre a execução de um dos artigos do presente contrato jamais poderão afetar as terras vendidas aos colonos, cuja propriedade se manterá intacta e inviolável.

 

10º  M.Schroeder terá o direito de fazer demarcações e roçar as terras antes de distribuí-las aos colonos e o procurador de LL.AA.RR. não poderá recusar de assinar os mtítulos de propriedade que lhe serão cobrados pelo Diretor da colônia, exceto em caso de a quantidade de terras a conceder ser contígua às terras anteriormente distribuidas que formarão uma vasta extensão superior àquelas calculadas à razão de 8  hectares por pessoa.Além do que ele disse e por serem válidos todos os títulos de propriedade deverão estar assinados pelo procurador de LL.AA.RR..


Link1 | Link2 | Link3

http://freitagabend.artisteer.net/galerie/

Copyright © 2011. All Rights Reserved.